Uma lombra…

23-08-2009

(por Leo Carvalheira)

 

Mermão, deixa eu arriar minha lombra em paz,

doido, pare de arriar minha lombra, rapaz.

Tu só nos tráz medo

Eu só quero viver

A lei só quer dinheiro

 

Gente enxerida

Cuida da vida dos outros

 

Saiba que toda polícia é facista

Toda polícia é facista

 

“Não importa os motivos da guerra”

Disse o sábio,

“A paz ainda é mais importante”

“Não existe caminho para a paz, a paz é o caminho”

“E se houvesse guerra e ninguém fosse?”

São frases célebres, feitas pra

Você aí fardado, robozinho do Estado

Você aí fardado, bonequinho do Estado

Você aí calado, também é explorado.

 

Não fale da minha santa

Maria Joana, que a polícia não propaga a paz

Como faz essa Santa planta

Maria Joana

Maria Joana

 

É por isso que eu pratico a arte livre

É por isso que eu me ponho a ler um livro

só de grana, só de grana não se vive

amor na grama, pés na lama, sigo vivo

 

Pois é, perdeu a razão

Jogue a arma no chão

A liberdade não é assim

E o maior ladrão

É o seu patrão,

O Estado.

Saia dessa, vá por mim,

mô véi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: